MANGA PRA VOCÊ

Vamos parar de conversa, meu chapa,
Meu amigo vamos parar,
Pois já estou entalado e cansado
De tanta manga levar.

Meu chapa falando sério,
Você só tem nhem-nhem-nhem,
Diz que vai e nunca vai,
Nem comparece mais.

Se você já não pode, camarada,
Mais conosco estar,
Deixe de tantas promessas,
Deixe de nos enrolar.

Lembro-me dos bons velhos tempos,
Que era só lhe chamar
E você era o primeiro,
Sempre a se apresentar.

*Em parceria com Arthur Canuto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *