Por telefone

Por telefone é fácil me dizer adeus,
Por telefone não pode olhar nos olhos meus,
Por telefone você tem coragem de me dizer:
Tudo isso é bobagem…
E ainda me pedir pra esquecer
Que você já foi minha…
Por telefone você não sente a minha dor
E me desmonta no jeito de dizer alô,
Por telefone fica fácil ser tão dura, ser tão fria
Dizer adeus por telefone é covardia
Desculpe, mas vou desligar
Desse jeito não vou aceitar
Porque não foi por telefone que eu te conheci
Desculpe, mas vou desligar
Se você quer mesmo terminar
Desliga esse telefone e vem dizer adeus,
Aqui no meu olhar…

Eliezer Lemos

FIQUEI LIVRE.PERDOEI!

MUITO FELIZ!SINTO-ME ASSIM DESDE AQUELE DIA EM QUE NOS ABRAÇAMOS E PEDIMOS PERDÃO…CHOREI.ALI O SILÊNCIO FOI ROMPIDO..QUE SAUDADE EU ESTAVA DE VOCê,DAS NOSSAS COVERSAS EM FIM DA NOSSA AMIZADE..SENTIR MUITO A SUA FALTA MINHA AMIGA…VOCÊ NUNCA SAIRÁ DO MEU CORAÇÃO TE AMO,TE RESPEITO!OBRIGADA POR ME PERDOAR…
O PERDÃO É UM ATO QUE QUANDO PRATICAMOS,ELE ABRE PORTAS,LIBERTA A ALMA,QUEBRA CORRENTES E NOS APROXIMA MAIS DE DEUS…ESTOU MUITO FELIZ…OBRIGADA SENHOR POR MAIS ESSA VITÓRIA E APRENDIZADO…

Não quero ser

Por que te deixei?
Se eu me apaixonei.
Não quero te perder;
E nem te esquecer.
Não quero ser uma mulher sem destino.
Não quero mais viver essa dor sem sentido.
Eu quero mais é ter meu amor sempre comigo.
Eu posso então pedir perdão pra você?
Eu só preciso de um tempo pra decidir meu querer.
Sei que vou sofrer ,se não dizer o que sinto.
Não posso mais viver sem você,pois sem você não aprendi a viver.
Eu preciso ter coragem pra dizer que amo você.

Veleiro do Passado

Dentro de um veleiro no passado
Navega os meus pensamentos
Dentro de águas claras á mostrarem a nudez da lua…

Vejo teus olhos brilhando como as luzes da ribalta
Dentro de um veleiro no passado
A impaciência me incomoda pela falta sua;

Hoje me transformo em poesias para não sofrer
Sou um homem frágil que caminha sem rumo
Dentro de um veleiro no passado;

Carrego sobre as costas a mochila do passado
A bagagem do tempo que parece não pesar
Trazem a solidão e saudade que me faz chorar;

Sinto que estou naufragando
Dentro do veleiro no passado
Agora só me resta um caminho o vale da solidão;

O que mais sinto, é que, á quem tenho dado tanto amor
Hoje vive e é feliz com outro alguém
Dentro de um veleiro no passado.

Pelo autor Marcelo Henrique Zacarelli
Itaquaquecetuba, Novembro de 1992 no dia 27.

Desculpe te fazer

Desculpe te fazer sofrer desculpe ter fazer chorar desculpe pelas minhas duviads não sou eu que posso te por em meu caminho e sim o destino que não quer que você me encontre sei que nesse momento a dor te consome sei que nesse momento você pensa em mim como um amor perdido mais se eu não for feliz sei que o destino vai logo pensar em você e vai te botar em meu caminho e você do meu lado vai permanecer!

Um segundo começo

Não force sua boca falar o que seu coração não sente vontade.
Não deixe que nosso amor se acabe,
De uma forma tão sem sentido.
Não deixe que mentiras confundam seus pensamentos.
Não permita que seja jogado ao vento,
Todos os sonhos por nos construídos.

Porque eu ainda te amo muito.
E algo me diz que com você também é assim,
Seu amor pra é tudo.
E as lembranças das nossas vidas estão guardadas em mim.

Um segundo começo explicaria o que estou sentindo.
Provaria que não estou mentido,
Provaria que te amo de verdade.
Solidão decepção desde então vem me seguindo.
E o meu coração descobrindo,
A angustia da triste saudade.

Porque ainda te amo muito.
E no fundo algo me diz que a gente ainda vai se entender.
E o que vivemos estará sempre comigo.
E nada pra mim faz sentido,
Se eu não estiver com você.

Davi Possidonio-(11)9817-1099

Marcas do passado

Você deu a entender que tinha me perdoado,
Mas fica usando o passado para me ofender.
Eu nunca neguei que estive errado.
Mas ninguém erra sem motivos e você sabe porque.

Palavras indiretas afeta o meu silencio.
Eu tento jogar no meio um outro assunto,
mas você persiste em fala dos meus erros.
E se estamos em paz você estraga tudo.

Então me perdoe ou me deixe ir.
Mas não fique usando coisas do passado pra me oprimir.
Certamente ele deve ser lembrado, para nos corrigir.
Mas não com tanta frequência não com tanta insistência.
E se não consegue vencer sua magoa de mim.
então deixe me ir.

O que eu não posso é viver pra sempre assim.
Me deixe ir ou me chame pra conversar.
Ninguém suporta tamanha pressão.
Eu sinto que o seu coração esta querendo se vingar.

No silencio da noite você do nada desperta.
E fala pra mim que tomou a decisão errada.
Eu não imaginei que um dia teria que te dizer isso.
Mas eu nunca te obriguei e não te obrigo a nada.

Então me perdoe ou me deixe ir.
Mas não estraga sua vida guardando tanto rancor de mim.
E se for o destino, a gente nos encontraremos novamente.
E não for a vida te dará um alguém diferente.