UM NOVO AMOR (Letra de Música)

Fiquei tão feliz
Porque Deus cruzou
Os nossos caminhos,
Permitindo um novo amor.

Fiquei tão feliz
E foi bom demais,
Encontrar em ti
Novamente minha Paz.

Eu andava tão solitário por aí,
Sem ter algum motivo pra sorrir.
Vagava cabisbaixo e tristonho,
Já não tinha esperanças, nenhum sonho.

Sem ter mais nenhuma animação,
Me maldizia e pedia compaixão.
Perguntava o tempo todo para mim,
O que fiz pra merecer sofrer assim.

Até que você me apareceu
E me fez ver que ainda existe luz
No final de cada túnel, no alvorecer
Tem um novo sol brilhando para mim e pra você!

SINÔNIMO DE ALEGRIA

Faço do Samba o adereço
De minha própria alegria.
Na minha alegoria,
Solto as minhas asas
E vôo na imaginação.

Em cada instrumento sinto
Uma tremenda emoção.
Uns fazem o ritmo,
Outros a harmonia
A penetrar em nosso coração.

Quando olho pro salão,
Vejo no rosto alegria
Que se expressa genuinamente,
Me solto e sambo simplesmente,
Até meu pé adormecer!

E se o Samba for em Madureira,
Meu irmão tenha certeza,
Sambo o domingo todo
Só parando na segunda-feira!

*Mário Bróis/Edmundo de Souza.

SINÔNIMO DE ALEGRIA (Letra de Música)

Faço do Samba o adereço
De minha própria alegria.
Na minha alegoria,
Solto as minhas asas
E vôo na imaginação.

Em cada instrumento sinto
Uma tremenda emoção.
Uns fazem o ritmo,
Outros a harmonia
A penetrar em nosso coração.

Quando olho pro salão,
Vejo no rosto alegria
Que se expressa genuinamente,
Me solto e sambo simplesmente,
Até meu pé adormecer!

E se o Samba for em Madureira,
Meu irmão tenha certeza,
Sambo o domingo todo
Só parando na segunda-feira!

*Mário Bróis/Edmundo de Souza.

LÁGRIMAS DE AMOR (Edmundo de Souza)

Valeu apena esperar,
Confiar e persistir,
Acreditar, perseverar
Até o meu pranto cair,
Quando orei para pedir
A benção de você voltar,
Para meus braços outra vez
E nunca mais nos separar!

Sei que errei, me arrependi!
Eu prometi me consertar.
Pisar na bola nunca mais
E só a ti me dedicar.

Teve fim
Toda mágoa cravada no peito!
Eu fiz
O juramento de te respeitar.
Ser fiel
Na alegria e na dor
E a bonança então reinou,
Reacendeu o nosso amor,
Pra nunca mais se apagar.

Todo céu se emocionou
Ao ver, pra mim, você voltar;
Por isso que hoje choveu
Tantas lágrimas de amor!

Movimentos

A liberdade
Dita pela palavra,
É uma falsa sensação de prazer.
Dizer por dizer…
Jogamos fora palavras de ódio e amor,
A liberdade requer mais,
Que alguma frase bonita,
Ou lábios que desejam.
É preciso um pouco de sonho,
Palavra e atitude.
Mexa suas pernas…
Movimente seus braços…
Abra sua mente…
A liberdade não é estática!
É movimento e sensação.
Um corpo precisa,
Bem mais que olhares,
E frases para viver…
Ele precisa de atitudes!
Para ser livre é preciso acreditar,
Em suas próprias palavras e agir.
O futuro é construído,
Pelos passos que damos no passado.

Ver a poesia

Eu vejo na poesia uma terapia
Uma forma de fugir do dia a dia,
Da rotina chata e pacata das horas trabalhadas,
Muito mais que palavras, uma vida de fantasias.

Muito mais que sorrisos é pura magia,
Chance de salvar a princesa, momento de ser coroado rei,
Nas letras escolhidas faço minha própria lei,
Sonhos realizo em pedaços de papel, assim como o vento
Que leva meu pensamento para longe, além do horizonte.

Faço nela, o tempo parar e se quiser voltar faço também,
Planto flores e rego jardins, dou-lhe uma rosa e um buque de jasmins.

Mas a poesia me facina, porque nela cumpro minha sina,
De viver alegrias imaginadas e criadas em rascunhos da nossa vida.