Sobre Caminhar

Não são os rótulos que nos definem,
Mas aquilo que nos é inerente e peculiar,
Nosso olhar apreciativo diante do mundo,
Nossas ações ponderadas perante a vida.
Não é o tamanho do percurso que designa
Nossa caminhada, mas a qualidade das ações
Praticadas, das intervenções, de nossa conduta
E do bom uso e aproveitamento do nosso tempo.

Não é necessário sermos rocha para suportar
As intempéries e tormentas que irrompem na vida,
Basta-nos a leveza da fé e da serenidade arraigados
Na certeza da sinceridade e honestidade mantidas.

Não são apenas os caminhos trilhados que determinam
O sucesso final da caminhada, mas também os que erramos,
Os tortuosos e até o que por algum motivo deixamos de trilhar,
Por que somos continuamente um eterno desfazer-se e refazer-se.

Virgínia Santana

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *