NEGA TENTAÇÃO

A nega quer me matar,
Não sei qual a razão,
Qualquer dia desse infarto
E acabo num caixão.

Só pode ser de propósito,
Quer me ver perder a razão,
Rebola com um micro short
Como é que pode,
Tanta tentação!

Passa o tempo todo sambando,
Me olhando toda sensual,
Tô achando que é um complô
Pra me ver passando mal.

A nega quer me matar,
Não sei qual a razão,
Qualquer dia infarto
E acabo num caixão.

Com certeza não é normal,
Ela só quer comigo brincar.
Tô querendo que ela pare
Que meu santo é de barro,
Ele pode quebrar.

Se eu perder as estribeiras,
Vou fazer besteira,
Vai dar confusão.
Nega tu não me tire a terreiro,
Que tu não aguentas tamanha pressão!

*Em parceria com Oberlan dy Cavaco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *