Pano queimado:

certa vez eu fui num baile de casamento
que aconteceu não me sai do pensamento
sanfoneiro executava uma valsa num lamento
os pares que dançavam pararam por um momento.

Quando alguém gritou bem alto
para todo mundo ouvir
eu parei de imediato
porque também pressenti
todo mundo compreendeu
começaram a sentir
sabia que tinha alguém
queimando o pano por ali.

O salão era apertado não tinha ventilação
o noivo desesperado procurou uma solução
porque ninguém suportava aquela situação
o pano que ali queimava penetrava no pulmão.

As mocinhas envergonhadas não sabia o que fazer
ficaram encabuladas procuravam se esconder
as mulher velhas olhavam para os lados sem saber
e baixinho cochichavam..( este foi pra derreter.)

Foi assim a noite inteira até o dia clarear
o salão virou fogueira de tanto pano queimar
acabou-se a brincadeira e ninguém mais quis dançar
cheiro de pano queimado permanecia no ar.

Um olhava para o outro com cara desconfiada
todos queriam saber quem era o tal camarada
que queimava tanto pano e ninguém fazia nada
até hoje eu me lembro daquela voz já cansada..

tem gente queimando o pano ….
tem gente queimando o pano..
eu garanto, eu não me engano
tem gente queimando o pano….
tem gente queimando o pano…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *