GOSTINHO DA DANADA

Ah, mas que felicidade,
Quando vejo a marvada!
É tão grande a alegria
Que a mão fica agitada,
E só para quando provo
Do gostinho da danada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *