Tempo de sentir

Por muito tempo
A falta de tempo,
É desculpa!
Pois, se arruma tempo…
Para o lamento,
Para o sofrimento,
E para viver se escondendo.
Como pode ser…
Só não usar o tempo
Para sorrir e viver?
Entre um momento e outro
Morre-se aos poucos,
O que carregamos dentro do relógio,
E deixamos escapar com o vento.
Em ventos de mudanças…
Viver, seria o tempo que poderíamos sentir.

Mordaças

A palavra,
É uma expressão da vida.
O silencio,
É uma expressão da morte.
A palavra que é pensada,
E não é dita…
Já nasce morta.
A palavra dita sem pensar,
Afoga-se…
Pois não significa nada.
Da mesma forma,
Que os pulmões, necessitam do ar,
A boca, também necessita de mordaça…
E em algum outro momento,
A oportunidade da fala.

Medo de te perder

Tenho medo
Medo de outravez vc escapar por entre meus dedos e eu nao poder faser nada como da outra vez
Sera que devo mais uma vez dizer te amo?
Tenho medo talvez ache que isso e um medo bobo mais ja te perdi uma vez pir dizer te amo
Hj talves vc aja diferente ao ouvir eu te amo hj vc ta mais maduro pode ser que nao se assuste tanto com essa frase pode ser mais meu medo ou covardia ou pelo simples fato de nao querer te perder nao deixa eu te dizer
Recolherei pra mim esse tao lindo sentimento simplismente por medo de te perder e agora pra sempre

Oque faser?

Quando estava quase apagando vc dos meus pensamentou vc resurgil do nada em minha vida
Voltou pra baguncar novamente o meu coracao
Poxa logo agora que eu estava terminando de colar os cacos do estracalhado coracao deixados pela sua ausencia
Logo agora que estava organizando a bagunca que vc deixou dentro de mim
Pq logo agora que estava adormecendo meu amor me vem vc baguncar td denovo e agora oque farei?
Direi isso a vc ou me calarei pra nao te ver sumir outra vez????

A árvore genealógica

Regressar ao passado pelas ondas da imaginação
Milhares de anos antes de ter nascido Bartolomeu
O tronco que originou essa grandiosa ramificação
Cruzou oceanos e em outros continentes floresceu.

Das montanhas distantes de um passado obscuro
Espalhou-se pelo mundo a sua semente fecunda
Sempre aumentando em direção ao nosso futuro
Crescendo para o alto com suas raízes profundas.

Árvore genealógica cada galho com sua história
Com suas flores seus frutos e espinhos acerados
Seguindo sempre pelo tempo na mesma trajetória
Levando na essência a seiva desses antepassados.

Árvore que continuará crescendo sempre robusta
Renovando os seus ramos suas flores e seus frutos
Multiplicando geração sempre soberana e augusta
Na continuação de cada ser pelo sagrado atributo.

Como as estações da vida vibram com intensidade
O outono tristonho o inverno a primavera e o verão
Nesta árvore manifesta-se em todas as fases a idade
Assim sempre foi assim será de geração em geração.

Todos nós somos oriundos de uma árvore gigantesca
Que continuará crescendo no jardim da humanidade
Eclodindo de seus ramos lindas flores sempre frescas
Dos troncos milenares aos ramos tenros da atualidade.

Os palavrões

Não gosto de ouvir as palavras de baixo calão
Sempre foi contra os meus princípios sagrados
E muito bom conservar o respeito e a educação
Se o pavio acender em seguida vem à explosão
Assim o palavrão instantaneamente é acionado.

O palavrão é uma bomba que polui o ambiente
Tem também o poder de injetar sangue no olhar
Inflamar a chama do ódio e fazer rilhar os dentes
Transformar os ânimos em agressão contundente
Projéteis mortíferos em armas que podem matar.

Quando um palavrão é por alguém pronunciado
A atmosfera que nos envolve fica fria deturpada
O oxigênio que respiramos fica bem mais pesado
É semelhante a centenas de dardos envenenados
Lançados por zarabatanas de mentes desavisadas.

Transportadores dos fluidos deletérios corrosivos
Que desequilibra qualquer ambiente harmonizado
Tem a grande potencia demolidora dos explosivos
Deixa entristecido qualquer coração compreensivo
Ao ouvir repercutir esses palavrões pronunciados.

Muitos afirmam que o palavrão é uma ótima terapia
Para aliviar a tensão dos seres coléricos e impulsivos
E ao dizer esses palavrões a alma conturbada se alivia
Pode se dizer também que todos terão por companhia
Os afins desencarnados com seus miasmas obsessivos.