Tempo de sentir

Por muito tempo
A falta de tempo,
É desculpa!
Pois, se arruma tempo…
Para o lamento,
Para o sofrimento,
E para viver se escondendo.
Como pode ser…
Só não usar o tempo
Para sorrir e viver?
Entre um momento e outro
Morre-se aos poucos,
O que carregamos dentro do relógio,
E deixamos escapar com o vento.
Em ventos de mudanças…
Viver, seria o tempo que poderíamos sentir.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *