Os palavrões

Não gosto de ouvir as palavras de baixo calão
Sempre foi contra os meus princípios sagrados
E muito bom conservar o respeito e a educação
Se o pavio acender em seguida vem à explosão
Assim o palavrão instantaneamente é acionado.

O palavrão é uma bomba que polui o ambiente
Tem também o poder de injetar sangue no olhar
Inflamar a chama do ódio e fazer rilhar os dentes
Transformar os ânimos em agressão contundente
Projéteis mortíferos em armas que podem matar.

Quando um palavrão é por alguém pronunciado
A atmosfera que nos envolve fica fria deturpada
O oxigênio que respiramos fica bem mais pesado
É semelhante a centenas de dardos envenenados
Lançados por zarabatanas de mentes desavisadas.

Transportadores dos fluidos deletérios corrosivos
Que desequilibra qualquer ambiente harmonizado
Tem a grande potencia demolidora dos explosivos
Deixa entristecido qualquer coração compreensivo
Ao ouvir repercutir esses palavrões pronunciados.

Muitos afirmam que o palavrão é uma ótima terapia
Para aliviar a tensão dos seres coléricos e impulsivos
E ao dizer esses palavrões a alma conturbada se alivia
Pode se dizer também que todos terão por companhia
Os afins desencarnados com seus miasmas obsessivos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *