A DOR (de Edmundo de Souza)

É a dor, a dor
A única culpada
Pelo que hoje sou.

A dor, a dor
Que tua falta causou
E ainda me causa.

É tua ausência
O motivo
Desta minha intransigência,
Que me levará
Para o sepulcro!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *