Flor mamãe

Quem tiver sua mãezinha
Ame-a com todo fervor
Aos olhos da tua mãe
Você tem muito valor.
Nos momentos mais difíceis
Em tempos de aflições
Quando tudo parece perdido
E as tentativas em vão,
Tua mãe lhe aparece
E com os dois braços abertos
Conforta o teu coração.
As mães são flores no campo,
Na aldeia, ou na cidade,
São joias de muito valor
Que nenhum dinheiro paga;
Regue as flores com carinho,
Todas as mães deste mundo
São flores do mesmo jardim.

— Joaquim Gomes Alves

Anjo Mãe

De meus olhos tudo entendes,
De minha boca tudo guardas…
E dos maus caminhos me desvia…
Em todas as dores conforta…
Em todos os momentos lembra de mim,

Sou seu amor verdadeiro
E tu és o meu bem maior,
Em teu seio fui fortalecida
E em teu ventre fui criada…
E nunca haverá amor maior
Do que este anjo…
Que nasceu junto de mim,

Te tornei mulher, te fiz mãe
E tu me fizeste o ser mais amado
E bem cuidado…
Deus me deu o privilegio
De ser educada por uma rainha,
Ser amada e acolhida por um ser
Que soube me ensinar
Os valores de uma vida digna,

Tenho orgulho de ti mãe
Que me fez mulher,
Tenho orgulho de ti mulher
Que me fez gente
Único amor que saberei nesta vida
Que é verdadeiro e eterno,
Sem meios termos…
Tenho orgulho de ti meu “Anjo Mãe”.

CHOREI (de Edmundo de Souza)

Eu fiz de tudo
Para fazê-la feliz.
Trabalhei o ano inteiro,
Dei pra ela o que ela quis.

Até larguei
O meu samba e a bebida,
A noitada tão querida
E não sei onde eu errei.

Pois,
Aonde ela ia, eu estava,
Eu fiz dela minha vida,
Eu fiz dela minha amada.

Até que um dia,
Ela ma abandonou,
Eu não pude acreditar.
Por que ela me deixou assim?

E agora,
Eu começa mais um dia,
Sem você na minha vida,
Sem sentir o teu calor.

Sozinho,
Eu vou vivendo calado,
Eu vou sofrendo isolado,
Sem você que é meu amor.

Chorei,
Ah, como eu chorei.
Sofri…
Sem saber a onde está você.

Amei,
Ah, como eu te amei.
Perdi…
Uma flor do meu jardim; perdi!

LAGRIMAS DE MÃE

Mãe, Palavra sublime e de paz serena.
As mães deveriam ser eternas, pois,
sempre estão presentes em todos os momentos de nossas vidas.
Abençoadas sejam estas mulheres
que por dias e noites zelam por seus filhos, e sofrem quando eles estão ausentes, ou se alegram ao vê-los reunidos
em uma mesa, ovacionando-a pelo seu dia e beijando seu rosto que tantas vezes derramaram lágrimas causadas pela
saudade daqueles que,como pássaros, um dia ao crescer criaram asas e voaram para longe seguindo o instinto da vida.
O tempo passa, mas a palavra mãe, fica, para deleite da humanidade que outrora repetem sem se cansar, esta doce palavra..mãe!

Autor;Joaquim Gomes Alves

Símbolo do amor

Como expressar em palavras
Um amor além da compreensão?
De todos os meios possíveis
Só nos resta a exaltação

Palavra que logo aprendemos
Certeza de carinho e proteção
Ouvidos sempre atentos
Olhar cheio de compaixão

Quem dúvida de tal amor
Que se doa a cada dia
Não espera nada em troca
Tudo faz com alegria

O perdão sempre no olhar
Um sorriso que contagia
A voz meiga e suave
Por precaução sempre vigia

Um amor só comparável
Àquele que tudo criou
Que por amor dos seus filhos
O próprio filho enviou

Tão grande é teu valor
Que o mandamento expressa
Honrar pai e mãe
É o primeiro com promessa

Luta com todo mundo
Para defender um filho
Por amor chega a errar
Nem isso lhe tira o brilho

Como pode um filho
Abandonar quem o criou
Será que terá vida plena
Quem sua mãe desprezou?

Sofredora como tantas outras
Preocupação é a sua sina
Mesmo com filho adulto
Ainda mantém a rotina

Tenha a certeza mamãe
Tu és muito querida
A data que festejamos
Jamais será esquecida