RESOLVI NÃO LUTAR

Já beijei tantas bocas,
Procurando encontrar
O sabor dos beijos teus,
Pra poder me saciar.

Só que nunca encontrei,
Também nunca consegui
Esquecer de ti, amor,
E assim, eu prossegui…

Pelas noites, pelas festas
No desespero de te encontrar.
Já tentei, eu insisti,
Resolvi não mais lutar
Contra este grande amor
Que no peito veio morar.
Invadiu o coração
E se fez perpetuar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *