PRECISO DO TEU PERDÃO

O amor
Que trago no peito,
Não sei por quê
Não quer diminuir.
E assim, desse jeito,
Sofro tanto por sentir
Essa imensa falta de ti.

Dói, ah, como dói,
Todos os dias que acordo
E não vejo você.
Bate uma tristeza,
Quase um desespero,
Não te esqueço e já não sei
O que vou fazer,
Com este amor
Que pensei ser perfeito.
Se não faz bem Pra quê…
Tanto querer?

Querer já não é poder!
Te perdi estou na solidão.
Fui culpado por acontecer,
Minha noite é só ilusão.
Hoje quero me redimir,
Peço então desculpas a você.
Acredito em nosso amor
Tão caliente, cheio de fervor.

Eu te rogo então compaixão,
Pois preciso do teu perdão.
Nossa cama ainda te espera, (BIS)
Sei que posso te fazer feliz.
Te prometo meu amor eterno,
Não mais cometer os erros que cometi.

*Edmundo de Souza – Ezequias Félix

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *