Oração do Tesoureiro

Senhor conceda me mãos ágeis, firmes e precisas na contagem do dinheiro. Que eu possa ter prudência, controle e concentração para fazer uma perfeita sangria e para não quebrar o caixa e nem a tesouraria.
Alegra-me na hora de contar o dinheiro mesmo sabendo que ele não é meu. E que quando receber o meu humilde salário, eu possa agradecer ao senhor pelo pão nosso de cada dia e usá-lo com sabedoria.
Senhor faça com que eu nunca mais erre nas contas e trabalhe com responsabilidade e amor.
Senhor nos proteja de todo o mal. Dos sequestros relâmpagos, dos assaltos a mão armada, da quebra da tesouraria e da demissão pela encarregada.
Senhor me dê calma e paciência para com os colaboradores, clientes e fornecedores quando não percebem que me atrapalham quando estou no meio da contagem ou auditoria.
Proteja me de toda imperícia, acidente ou desgraça. Juntamente comigo, ampare os meus colegas de serviço.
Ensina me a respeitar e compreender os próximos, mesmo quando eles agem de má fé para se beneficiarem e assim prejudicar toda a empresa. Afaste nos senhor destes cálices.
Ajude nos a receber bem os irmãos caridosos que vêm trazer os trocos. Que não rejeitemos o tal ato de caridade mútua, e que eles voltem sempre e sua vida seja iluminada, cheia de alegrias e bênçãos do senhor.
Por fim senhor, ajude me a lembrar todo o dia antes de trabalhar na tesouraria de fazer esta humilde oração e agradecer ao trabalho suado, responsável e árduo de todo dia. Graças a Deus. Assim seja.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *