É TEMPO DE PAZ

É tempo de paz, e sinto uma brisa suave
E refrescante tocando em meu rosto
Trazendo-me a tranquilidade de viver
Em tempos de paz, olho para o céu,
E vejo as nuvens Brancas bordadas no Céu azul onde os Pássaros voam em todas As direções Compondo um cenário digno De se Apreciar. Ao anoitecer, as luzes Coloridas refletem ao espelho d'água, Que forma pequenas ondas produzidas Pelo chafariz que jorra em forma de Cascata aguçando ainda mais os meus Sentidos, e fazendo-me acreditar que a Paz existe e está em todos os lugares, No sorriso de uma criança, em um abraço Afetuoso, ou nas nuvens brancas
Em forma de véu, bordadas no céu azul.

Joaquim Gomes Alves

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *