Quase a mesma garota (Anne)

Aqueles olhos negros me notaram
No meio da noite e do enlevo
Meu instinto percorre o teu relevo
Aquelas lindas curvas me dobraram

O toque… as suas mãos tatuaram
A seda e perfume que eu descrevo
Me apaixonaram e sei que não devo
Mas as melhores músicas tocaram

Já no primeiro beijo vi seu jeito de ser
Se esta é a vida, então vamos vivê-la!
Era o que teu corpo parecia dizer

Vida nova a cada novo amanhecer
Noutras vidas posso não tornar a vê-la
Mas a vida de ontem jamais vou esquecer

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *