Loucura Lúcida

Seguindo no caminho procurando algo
qua mudasse o rumo de tudo,
o seguir dos passos
o voar das asas, o vaguear da mente,
o torturar da alma, o sofrer do espírito,
as batidas do coração.

Seguindo nesse caminho encontrei flores
e também espinhos,
pedras que me serviram de tropeço,
sombras que me aliviaram do cansaço da caminhada.
Encontrei o sol que me derramou seus raios,
a lua que me cobriu com a sombra
de sua cor prateada,
estrelas que enfeitaram meu percurso
e o céu com sua pompa e glória.

Também encontrei tristezas, angústia,
solidão e desespero.
Faltou-me um amigo que me estendesse a mão
ou me oferecesse seu ombro
e que me servisse de consolo.

Já cansada, abatida e exausta,
desanimada e triste,
seguindo nesse caminho
sem encontrar o que procurava
resolvi voltar.
Talvez encontrasse o que procurava,
ou quem sabe… até esse algo
que mudasse o rumo de tudo.
O seguir dos passos, o voar das asas,
o torturar da alma, o sofrer do espírito,
as batidas do coração.

Nessa volta encontrei
luz, cor, festa, fantasia e sonho!
Encontrei amigos que me socorreram,
me consolaram,
e me aceitaram como sou.
Encontrei poesia que me falava de amor,
encontrei tudo, mas faltava mais, até que…

Encontrei um anjo que mesmo de longe,
no pensamento,
no sonho,
vem aos meus braços, me cobre de beijos
numa loucura lúcida,
e que aos seus carinhos me entrego
como um animalzinho acuado e carente.
Um anjo que fala macio,
que é um menino e
que brinca de adulto
se fazendo homem quando queremos.
Fecha os olhos, acaricia a pele,
aperta as mãos, entrelaça os dedos,
abraça com força,
beija e sufoca, brinca de amor e
escuta contente, quase sorrindo
quando lhe falo ao ouvido
quase num sussurro,
as palavrinhas
“eu te amo”…

Porque Fingiu me Amar ?

Por todas as vezes que você
esteve perto de mim;
Por todas as verdades que
você me fez ver;
Por todas as alegrias que
você trouxe para minha vida;
Por todo erro que vi você acertar;
Por todo o sonho que pensei
que fosse real;
Por todo amor que pensei
encontrar em você!

Eu até que serei agradecida,
por minutos de felicidade que
você me proporcionou.
Mas me deixou cair,
pensei que você havia
me visto por inteiro.

Queria ser sua força nos momentos fracos;
Queria que você fosse minha voz
quando eu não pudesse falar;
Queria que você fosse meus olhos
quando eu não pudesse ver.
Pensei que você havia visto
o melhor de mim;
Mas não levantou-me
quando precisei alcançar;
Não me deu fé para acreditar;
Eu sou tudo o que sou
porque fingiu que me amou!

Queria que me desse asas para voar;
Queria que tocasse minha mão
para eu tocar o céu;
Eu perdi minha fé,
você não há devolveu;
Você disse que nenhuma estrela
estava fora de alcance;
Eu estava perto de você
e você estava longe;
Eu tinha o seu amor, eu tinha tudo;
Eu sou grata por minutos
de felicidades que você me deu;
Eu pensava que era abençoada
por ser amada por você.

Você sempre foi para mim
o vento suave que me carregava;
A luz no escuro iluminando
seu amor na minha vida;
Você era minha inspiração;
Através das mentiras,
vi que você não era verdade;
Meu mundo é um lugar vazio
por sua causa;
Porque você fingiu que me amou?

Quando Vier me Visitar

Traga flores, muitas delas…

Porém, não me traga apenas flores:
Não se esqueça de juntar a elas
A beleza do seu sorriso,
A ternura do seu olhar,
A força do seu abraço.
O calor dos seus beijos…

Quando vier me visitar,
Traga flores,
muitas delas…

Mas não esqueça de tirar-lhes
Os espinhos que machucam,
As folhas envelhecidas,
Os galhos secos,
As dores embutidas…

Quando vier me visitar,
Traga flores,
muitas delas…

Perfumadas, coloridas, alegres:
Todas parecidas com você!
Quando vier me visitar,
Traga você por inteiro…
As flores?
Nem sei se vai precisar!

Pensando em Você

Quando você sentir vontade de chorar…
Não chore!
Pode me chamar que eu choro por você.
Quando você sentir vontade de sorrir…
Me avise!
Que eu venho para nós sorrirmos juntos.

Quando você sentir vontade de amar…
Me chame!
Que eu venho amar você.

Quando você sentir que está tudo acabado…
Me chame!
Que eu venho lhe ajudar a reconstruir.

Quando você achar que o mundo é pequeno
para suas tristezas…
Me chame!
Que faço ele grande para tanta felicidade.

Quando você precisar de uma mão…
Me chame!
Que a minha é sempre sua.

Quando você precisar de companhia
naqueles dias tristes e nublados,
ou nos dias ensolarados…
Me chame!
Eu venho sim!

Quando você estiver precisando ouvir
alguém dizer : Eu te amo!
Me chame!
Eu digo a toda hora,
pois meu amor por você é imenso.

E quando você não precisar mais de mim…
Me avise!
Que simplesmente irei embora
pensando em você!!!

Nada

Nada!
Mas é um nada tão especial,
é um nada atrevido,
insinuante, sensual.

Um nada que flutua,
palpável e inconfundível,
e me ajuda
a empurrar meus dias vazios,
e te ajuda também
a preencher teu espaço incompleto.

É um nada
que se mostra de repente
e se esconde por longo tempo.

É um nada
que só a gente conhece,
só a gente sente,
só a gente partilha.

É um nada
feito de meias palavras
e de silêncios longos.

Um nada
repleto de conhecimentos
e renúncias.

Tu me sabes,
me entendes,
e não me censuras.

Sou a mesma,
tu também o és.

E é gostoso saber
deste nada entre nós.

Bom dia

Eu sou Deus.
Hoje estarei cuidando de
todos os seus problemas.
Por favor,
lembre-se que eu não preciso de sua ajuda.

Se o demônio o colocar em
uma situação que você não possa resolver, NÃO tente resolvê-la.

Por favor, coloque-a na caixa APJF
( algo para Jesus fazer ).

Ela me será entregue no MEU tempo,
não no seu.

Uma vez colocado o problema na caixa, NÃO pense mais nele,
ou tente removê-lo.

Pensar nele ou removê-lo da caixa,
só atrasará a solução de seu problema.

Se for uma situação que
você se julga capaz de resolver,
por favor, consulte-me em oração,
para ter certeza da melhor solução.

Porque EU não durmo,
nem mesmo cochilo,
não há necessidade de você
perder o seu sono.

Descanse, meu filho.
Se você precisar falar comigo,
EU estou apenas a uma
oração de distância.

Assim como todas as boas coisas,
por favor passe adiante
ESTA MENSAGEM.

Justiça

Se a injustiça te visita e,
olhos marejados denunciam tua triste dor,
erga tua cabeça e confia.

Se as regras parecem valer só para você e,
isso te causa a dor,
encha teu coração de esperança e prossiga.

Se teu malfeitor parece beneficiado
com a injustiça que te faz,
tranqüilize-se e siga em frente.

As vezes assim são as coisas,
parecem sem valores os princípios,
e parece sem contexto a justiça,
mera tolice…

Saiba que nada é oculto aos olhos do Criador,
e que a justiça divina alcança
sempre seus objetivos,
ela não é tardia
ela sempre oferece
tempo de mudança ao infrator,
por amor.

E pelo mesmo amor divino
a justiça vai visitar-te
oferecendo o prêmio da tua tolerância
assim é o caminho do Senhor.

Ainda que para nós outros
muito melhor é o findar da injustiça
do que a punição do infrator,
ainda assim a justiça não faltará.

E, se por ventura temes
eventual injustiça cometida,
também confie,
pois que os frutos do amor
perdoam muito dos pecados.

Abra seus olhos

Não estaria você vivendo no Paraíso, sem perceber?
Não estariam as frutas maduras e suculentas
prontas para serem colhidas,
enquanto você continua a cavar o solo
em busca de frutos amargos?
Não estaria você andando por ruas abarrotadas
de diamantes sem sequer notá-los, quanto menos pegá-los?
Não estaria você ignorando diariamente
oportunidades de ouro, nos poucos momentos que passa
fora da confortável prisão que construiu para sua vida?

Os muros que o separam da plena satisfação,
não teriam sido construídos por
você mesmo?

Existe ouro a ser garimpado em cada momento.
Existe alegria a ser sentida em cada amizade.
Existe um tesouro a ser descoberto em cada problema.

Abra seus olhos.
Abra seu coração.
Olhe em volta, de verdade,
e veja o mundo
maravilhoso em que poderia estar vivendo,
se você quisesse.