amor

É fácil
Dar um sorriso
Difícil
É dar sentido a ele
É fácil
Dar um olhar
Difícil
É você encontra a sua eternidade
É fácil
Desejar um coração
Difícil
É conquista-lo
É fácil
Ter esperanças
Difícil
É alcança-las
É fácil
Pensar “eu te quero”
Difícil
E pensar “eu posso”
É fácil
Dar amo
Difícil
Recebe-lo

ONDE NINGUÉM ME ACOMPANHA

Volte dormir, porque ainda é cedo,
Por mais que o céu esteja sem estrelas é cedo para levantar.
E elas não estão mais lá porque caíram,
Perderam-se no chão de vidro desta terra.

Deixe como está, você não vai conseguir,
Para que tentar consertar aquilo que você não fez?
Não foi você o arquiteto e nem o projetista,
Você é apenas um letrista tentando escrever a canção inacabada.

Volto a pedir para que volte dormir,
E por favor não encha de mentiras o quarto escuro.
Não me faça mentir para preencher a taça.
Não me faça errar e cair na desgraça
De perceber que é mais cedo do que penso.

Jogue fora o telefone e desligue a tv,
Tranque a porta e saia pela janela
Fuja para aquele mundo sem fim,
Apenas se lembre de me chamara para fugir contigo,
Juntos alcançaremos a virtude e a paz de linho puro.

Abra a janela e salte!É na imensidão que encontraremos um abrigo,
Pulo depois de você, vou segui-lo
Ao ouvir o arrebentar das ondas, saberá que sou eu chamando
E ao perceber a profundidade do mar,
Perceberá que mais profundos ainda são meus pensamentos.

Voe por onde quiser e depois contaremos juntos nossa trajetória.
Ao sair, porém, use a janela e deixe a porta como está.
Seja mais forte e eu serei forte contigo
Só não quero que seja em vão nossa corrida contra o tempo.
Ele não nos perdoará se perceber que foi apenas usado.

Agora eu saio, e você sai também. E quando eu apagar a luz, direi adeus.
O céu sem estrelas surgirá, e nem ao menos conseguiremos posiciona-las
Acredito que não me resta mais o nada a fazer nessa madrugada,
Apenas sair da frente desse espelho, que reflete minha imagem,
faz com que eu pense loucuras e não me deixa dormir.
MAIS POESIAS EM www.profche.blgspot.com

SONHADOR ALADO

Subi ao mais alto dos 7 céus,
Voei rumo ao infinito,
Fiz com que minhas asas ficassem exaustas,
Rumando para um lugar, que desconheço.
Por que tanta força empregada num objetivo não definido?
Será a esperança de vÊ-lo realizado?
Afinal o que move o ser humano são seus sonhos,
E estes, tenho muitos.
Mas o maior deles é voar cada vez mais alto,
Rumo a utopia de realizar cada sonho sonhado por um sonhador que sou.
MAIS POESIAS EM www.profche.blogspot.com

FOI-SE

Quando o sol surge no horizonte,
Com ele surgem as marcas.
Marcas de um dia que passou, marcas inconfundíveis;
De um amanhecer cujo dia ainda é de se esperar.
Marcas.

Como o sol que se põe ao entardecer
Você partiu.
Nossa história foi um dia.
Pela manhã havia mistério, nada certo,
Até pude sentir a brisa fria,
Começou a se desenrolar,
E ao meio-dia o ápice do calor nos envolveu,
A tarde também se despedia.
Mas na medida que o pôr-do-sol acontecia, você também dava adeus.
Sua partida foi num final de dia, foi como um final de dia,
Frio, sem brilho, porém marcante.

Você partiu!
A vi se despedindo, rumando para novos horizontes, você partiu
Como não posso fazer nada para impedir o fim do dia,
Também não tive o que fazer diante de ti.
Gostaria de ir contigo, mas não posso,
Pois estou aqui no mesmo lugar,
E você, só você partiu
MAIS POEMAS EM www.profche.blogspot.com

PÉRIPLO DA VIDA

Figura refletida num espelho
relembra a imagem real,
É para você que eu olho
quando a casa está vazia,

E nas escadas que tão altas e baixas,
nos vãos gélidos de uma peça solitária.
Procuro rememorar você!
Que num curto espaço me fez paixão,
inteligência, adoração,

Ardendo e doendo num fogo que queima,
mas não tarda em se apagar.
Se que estamos em outras férias!
A minha nau já partiu e está no meio do Atlântico,
Aportando numa ilha, abaixo da sombra suave das tamareiras.

Sinto vontade de regressar,
Retomar quem sabe um outro barquinho,
Deixar-me conduzir pelas correntes tépidas
cansadas do mar primaveril.

Se tudo fosse como antes!
Se o efeito ainda durasse!
Mas passou, tudo passou,
e ainda passa correndo, desenfreado e louco,

O idioma da vida, agora se torna letra oculta e palavra morta,
Mas como entender a morte estando ainda vivo?
Como desejar a noite se não passo o meio-dia?

Quando vier o momento, cada instante será uma lágrima,
e cada minuto uma lembrança a mais.
As lembranças servirão como um consolo desolado,
A saudade, hoje mágoa por não ter vivido, tornar-se-á esperança,

Esperar outra vez!
Esperar o nascente, o poente e todo o calor da luz que nos cega conscientes.
MAIS POESIAS EM www.profche.blogspot.com

SERÁ UM ADEUS (preferida do autor)

Não vá embora, fique um pouco mais,
Só você me fez fechar os olhos e não olhar pra trás.
Percebi que nesse jardim secreto torna-se infinito o céu sem razão
Nascemos para ser rebeldes! Naquela exata noite onde todos festejavam,
Ouvíamos a letra simples dessa canção.

Não vá embora, fique bem aqui, sussurre doces notas e dance num compasso voraz
É cedo, é tarde, é dia, é noite, é desconcertante e intenso, eu já nem sei mais!
Minhas mãos estão trêmulas e é difícil resistir.
Ninguém conseguiu fazer tão bem como você me faz.

Agora é tarde para procurar as pedras e vestir uma roupa nova.
É exagero, pode até não ser, mas o que você sabe ninguém sabe fazer.
A noite está despertando e podemos ver a cidade!
Deixe o medo rolar pelo despenhadeiro. Que caiam os muros do mundo inteiro
E que o resto seja apenas um ponto perdido em seu espelho.

Não vá embora, o dia acabou de nascer, e a janela, apenas transpira o nosso suor,
Esconde-nos atrás do torpor vergonhoso que não deixamos nos influenciar.
No jogo falso das cartas me perdi e sinto que ainda não me achei.
Por isso, quero deleitar-me, sentir a força de suas costas, a rigidez de suas pernas
Quem sabe até passar todo o dia pensando na manhã; escondidos sob a própria pele,
E dizer o quanto eu queria que à tarde não fosse vã.

E nessa mesa em que venho me sentar,
O chocolate ainda sinto tocar meus lábios.
E o grande guerreiro zomba de mim e grita comigo!
As incertezas latentes que colidiam entre si até tentaram me romper mas,
Tornei-me resistente e não as deixei entrar.
Senti-me invadido como um rio de água doce,
tornando-se salgado pela força das correntes do mar.

Não vá embora, fique um pouco mais,
Só você me fez não olhar para trás.
Quantos já caíram e quantas histórias já perdemos?
Agora somos apenas dois, indomáveis no combate,
Prontos para todos e para o embate. Que venha o fogo então,
E nos liberte das impurezas, e nos torne fino metal.

Não posso pedir, Não vou tentar, Já não posso subir nessa viagem agendada.
Até gostaria que cada degrau se repetisse numa imensa escada,
Num prédio repleto de bocas que se abrem para ver o mundo passar..
Devore-me vida! Me devore a solidão!
Dentre todos que me cercam seus braços são,
Os mais forte que vi, Os mais quentes que senti,
Mas agora você foi embora, Só me resta olhar pra trás.
Você quis partir, e agora estou sozinho,
mas acho que me acostumo com o silêncio dessas noites
MAIS POESIAS EM www.profche.blogspot.com

Nossa História

Nossa história é um filme de romance … em que tudo pode acontecer .
Nossas vidas, sabe eu não sei por que, mais parecem estar em ligação se comunicando por uma forte atração.
Parecemos viver aqueles contos em que o mocinho vive momentos bons e ruins com sua amada, e apesar de todas controvérsias e de todas brincadeiras do destino no final tudo acaba ficando bem.
Já fomos irmãos, amigos, casados… mesmo que por faz de conta, mas tudo levou a um amor de verdade desses que agente só se vê em cinema.
Nossa história é uma canção…. sabe, dessas que mechem com o coração.
Que as pessoas escutam quando sentem dores de amor, que conforta a alma e faz nascer um pedaço de esperança até quando um sentimento já não se encontra com mais valor.
E tudo que vivemos até aqui parece contos de criança… sabe, meu jeito exagerado sua teimosia inconseqüente, nosso temperamento difícil, características que apenas nos unem ainda mais, mais do que fomos, mais do que somos, mais do que ainda vamos ser.
Por que como duas crianças aceitamos cada defeito,sem ligar, sem se importar, e sempre com a intenção de se adaptar ao que cada um pode ser.
Lembra aqueles dias em que não estávamos muito bem? Pode parecer mentira mais eu pude perceber, o tempo fechou, o sol parou e parecia que aquele dia nunca ia acabar.
Mas quando chegou a hora de dizermos até amanhã, eu queria mais do que nunca que tudo pudesse voltar, pois até quando estamos diferentes um com o outro é maravilhoso estar com você, e eu não posso evitar é mais forte do que eu, é diferente de tudo que já vi, é sentimento que igual eu nunca senti.
Então um novo dia recomeça e tudo parece estar de volta ao normal, eu tento lhe convencer de que fomos feitos um para o outro, e digo frases de canções que me fazem lembrar você, e como na maioria das vezes você não me leva a sério e diz ser coisas de momento… mas eu tenho certeza amor que momento como este é eterno, é algo único, que deixa marcas no coração, e pode ter certeza que a nossa única salvação somos nós.
Nossa história é um livro em branco… que ainda a muito a se escrever.
E apesar de tudo que já tenha acontecido muito mais ainda está a nos esperar, ainda a muito pra se viver, muita estrada a se caminhar, e eu sei que só pode ser com você.
Pois por mais que eu fuja e por mais que eu tente entender… não há explicação, afinal o amor não se entendi, se senti, e como é difícil sentir tal sensação, nos faz parecer pequenos por mais que sejamos grandes, nos faz se sentir fracos por mais que sejamos fortes e acima de tudo só me faz compreender o quando eu quero mais te querer, afinal o que posso fazer ? Se sou assim? Eu vivo, e choro quando tenho motivos, tenho meus objetivos mais acima de tudo isso eu amo você.

Distante de Ti

Eu fui feliz
E agradeço
Porém descobri
Que não te mereço
Não sei porque
Nem oque fiz
Mas sem vc
Sou infeliz
Pelos poucos momentos
Que ao seu lado passei
Chorei por cada um
Quando os recordei
Distante de ti
Sem teus carinhos
Meus olhos são tristes
Vagam sozinho
Meus lábios o chamam
O coração também
Minha mente reclama
A falta de alguem
Esse alguem é vc
Meu pedaço de vida
Meu pequeno mundo
Minha dor sentida
O que vou fazer
Sem vc ao meu lado
Sem teus carinhos
Sem teus cuidados
Sinto saudades
Mas oque vou fazer?
Se não me amas
Procuro entender
Agora sozinha
Penso em vc
Nos momento que ao seu lado passei
Lágrimas molham-me a face
Sinto no coração…angústia…saudades…solidão
Minha vida se resume
Numa doce recordação
Pra vc tinha sempre o melhor sorriso
Pra vc tinha sempre os braços abertos
Queria agora envolve-lo num abraço
Queria agora senti-lo bem perto
De meu peito… de meu corpo
Queria agora sentir as Batidas do seu coração
Mas meu amor… que ilusão
Não é com sorrisos
Que vou fazer me amar
Não é porque quero teu carinho
Que tuas mãos vão me acariciar
Não é porque te espero de Braços abertos
Que vc irá chegar
Você se foi…
E eu deixei ir
Não lutei.. não perdi…
Mas chorei e senti
Quando vi vc partir
Amar vc é viver
E mesmo sendo infeliz
É gostoso sentir
Mas também é penar
Por vc não me amar
Por vc não sentir
Oque sinto por ti!