Confraternização dos insensatos:

É Natal,monges cantores elevam aos céus,salmos de boas vindas a um senhor Deus divinal,enqunto homens de pouca vontade se embriagam dentro da noite,dizendo em gargalhadas:Feliz Natal.Confraternização dos insensatos,que comemoram aos tropeções essa data que não tem significado na ignorância desses ébrios que dizem ser cristãos.É Natal,os monges cantores elevam aos céus,num gesto de humildade,um coral de vozes tristes,estraídas da própria alma, e saúdam com respeito o principal personagem dessa data,e na importância capital desse evento os homens noturnos perambulam pelas ruas em busca de divertimentos,e saciam seus desejos nos brindes barulhentos,engordurando as mãos em uma voraz degustação.É Natal,e no cintilar das estrelas a noite segue calma o seu itinerário,eu tento inutilmente filtrar de toda essa balbúrdia o suave cântico dos monges,mas o barulho ensurdecedor de estrondosas gargalhadas,numa algazarra infernal,não me deixa ouvir os monges cantores que elevam aos céus salmos de boas vindas nesta noite tão sublime. Muitos ainda são sabem,mas é Natal…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *