Eu, João

Eu nasci em São Paulo ano 92, me chamo João hoje não irei a escola vou lhes contar porque.
Todos meus dias na escola ao chegar no portão grande e enferrujado da escola, eu me começo a lembrar da tortura que é estudar mas não o fato matéria mas sim o fato os alunos, ao eu entrar na sala e ver alguns alunos me dava vontade de morrer e que naquele dia não hovesse recreio, mas não adiantaria em nada eles concerteza me esperariam na saída.
Sempre todo dia no recreio era igual eles me agrediam me empurravam para o banheiro das meninas, eles não só me agrediam fisicamente mas tambem expressões maldosas como “ gordo baleia, saco de areia”, “rolha de poço”, “bolota” ou não sei como a cadeira aguenta você sentar nela e etc.
Eles os valentões não faziam isso comigo so por eu ser gordo pois na sala tinham alunos mais gordo que eu, não eles me pegavam por eu ser o mais fraco e o mais tímido !
E nem adiantaria eu mudar novamente de escola pois continuaria o mesmo problema. É nem contar para o professor ou diretor, porque se não fora da escola iria ser pior do que já é.
O que e eu queria mesmo e ter alguns amigos mais nenhum chegava nem perto de min de medo de serem chigados e agredidos por estarem comigo.
E então não vou mais sofrer atoa, hoje daqui do banheiro do parque, eu não vou mais para a escola, nem para casa e nem vou para a rua então fim.

João Carvalho dos reis
Nascido rm 13/11/1992
Suicidou-se no dia 26/06/2008
Aos 15 anos de idade
Nascido em são Paulo. Capital
O corpo encontrado no banheiro do Parque Central. Causa da morte envenenamento com veneno de rato.
Igual ao João existem milhares por ai, chega de humilhação diga não ao bullying diga sim a vida, diga siam ao amor e a boa convivência em sociedade.

Autor: Ray Oliveira

Por favor deixem um comentario

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *