Esquina da ilusão

Na ânsia louca de olhar em teus olhos espero por ti todas as tardes na esquina da ilusão,onde tu passas acompanhada do crepúsculo,tristonha e silenciosa,e te perdes solitária dentro da noite, acompanho com os olhos teu vulto se perder lentamente nas trevas da noite. Meus olhos te acompanham como um cão faminto implorando apenas um só olhar de compaixão,mesmo sabendo que teus olhos fogem dos meus,mesmo sabendo que teus pensamentos já não pensam mais em mim,mesmo assim fico na minha triste esquina contemplando o teu vulto se afastar dos tristes olhos meus,de mãos dadas com o crepúsculo que te leva aos braços da noite imensa do abandono,e abandonado eu vivo a te esperar na minha triste e solitária esquina da ilusão. Se for preciso esperarei uma vida,esperarei que a luz da comprensão te faça despertar e te faça compreender que o perdão é divino e que o amor é tão bonito. Que possas me perdoar,reconheço que machuquei teu coração com minha insensatez e,como castigo,este ser humano imperfeito e pecador espera ansioso,na minha triste e solitária esquina da ilusão…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *