Eu Tento

Sabe… Eu não sei se poderia viver sem você
Não sei se suportaria a rotina de mim

Sabe… Eu não sei se saberia te esquecer
Todas as vezes que me olho eu vejo você

Às vezes em um gole de Drink
Um cigarro aceso queimando
Eu tento não ser eu…
Pelo menos eu tento

Sabe… Eu me encontraria se não houvesse você
E te perderia completamente em mim

Eu sei que está ficando enjoativo este cinismo
Mas eu preciso de um momento de fúria
É melhor que gritar neste quarto sozinho
Sem ninguém pra me ouvir ao pedir sua volta

Sabe… Eu me entorpeceria na ilusão de te ver
Você sabe que isso é de mim, eu não sei…

Enquanto isso vou vivendo sem mim
Eu tento não ser você…
Pelo menos eu tento.

Produzido por Marcelo Henrique Zacarelli
Village, Junho de 2011, no dia 21.

A Direção do Vento

Você veio me conceber uma luz
Uma luz que clareia você
Ou será que veio me entorpecer
Com seu jogo de mentiras

Podemos disfarçar
Ou ser nós mesmos
Podemos sorrir, ou chorar
Poderíamos nem estar aqui esta noite
Mas não podemos fugir de nós mesmos…

É fácil apontar um culpado
Agora que estamos separados
Bater a porta e sair chutando tudo
Como se nada tivesse acontecido

Agora que o sol está mais vermelho
E mudou de direção o seu brilho
Agora que as folhas caíram
E floresceu no seu mundo
É fácil apontar um culpado

Mas um dia há de florescer também
O sol se lembrará dos lados de cá
O vento irá mudar de direção
E trarão as folhas na palma de minhas mãos

Mas esta noite eu suplico
Não vá sair por aí
Bancando a santa que perdeu a sua áurea
Vamos enfrentar a realidade
Mesmo que ela pareça apenas um sonho

Vamos colocar a limpo
Vamos odiar se for preciso
Vamos colocar em risco
As incertezas de que somos amigos
Vamos revirar nossos livros
E ver quem é protagonista deste jogo

O vento mudou a direção
Não adianta virar as costas
Como se nada tivesse acontecido.

Produzido por Marcelo Henrique Zacarelli
Village, Abril de 2011 no dia 21.

MINHA QUERIDA FILHA

MINHA QUERIDA FILHA

Minha Querida Filha, quero te pedir
perdão.

Perdão pela minha ausência para
com você.

Perdão por ter perdido os melhores
momentos de tua infância.

Perdão por não participar
de tuas comemorações de suas
formaturas.

Perdão pelos poucos momentos em
passeamos juntos.

Perdão por não ter ficado mais ao
seu lado nos momentos que você
mas precisou de mim.

Perdão por não ter conversado
mais com você sobre tudo que sei.

Perdão por te procurar, principalmente
agora, pelo momento que passo, e
te agradecer pelo apoio que você
tem me dado e saiba que só você me
apoia nesse momento.

Quero te agradecer, por isso e
mais do que isso pela pessoa
MARAVILHOSA que você é.

Me perdoe, Meu Amor, me desculpe
por tudo que deixei de ser para você.

Espero ter o tempo para me redimir
dessa ingratidão que eu fui para você.

Mas saiba que você é o meu maior
ORGULHO e é a pessoa mais
CARINHOSA desse UNIVERSO,
com o coração de OURO
que só você tem.

Perdão minha FILHA QUERIDA.

M.A.TISI.

Desculpas a Fábio!

peço desculpas pelo mal que te causei,
fui inconsequente por medo de amar você,foi tudo tão confunso dificil de
entender, quando dei por me já estava longe de você.
muitos anos se passaram e novamente aqui estou; querendo ter de volta o amor que um dia você me dedicou.
não sei se é pedir muito, mas, novamente quero estar com você
pra viver-mos tudo aquilo que por medo
deixamos de viver.
(mary)

A verdade em uma carta!

Olá…Acredito que tenha expressado-me de forma errada…
Quando nos falamos ao telefone…
De jeito algum eu desejava mais que uma conversa!…Ate porque te vejo com uma amiga que decepcionei muito…

Preferi escrever porque dessa forma não irias interromper-me e nem dizer
Que não poderias falar…somente se “não quiseres ler.”…(mas se chegares a ler isto..bom enfim, entendeste)
Pois bem aqui estou… Para pedir-lhe “desculpa por tudo”…
Bom deves perguntar-se nesse momento : “porque somente agora depois de tanto tempo vem a mim dizer isso” ele deve ser louco…(e sou louco mesmo… popularmente dizendo… bendita bipolaridade)
Vou procurar esclarecer tudo e mais algumas coisa que acredito, devo uma explicação…
Nas linhas abaixo entenderas, ou pelo menos vou tentar!!!

“Assim, sobre estar escrevendo…”.(estes messes enfermos foram o período mas produtivo da vida)

Já te contei quase consigo o tão sonhado repouso eterno… (aquele que tanto eu falava)
Pensei bastante sobre tudo que passei na vida, e as pessoas que por ela passaram…

Já fizeste as coisas certas para as pessoas erradas???…
Este senão o maior, é um dos meus mais extensos erros…
Para você ver que perdura até hoje…
NÃO é fácil conviver com isso… Saber que passaste a vida como um cretino, mau-caráter, safado e os demais adjetivos que cabem sem eufemismos e claro…
O pior que só dar-se por conta disto depois de tanto tempo, deixa uma frustração sem tamanho…
E outra coisa que não sei se percebeste… Esse maldito complexo que eu possuía e ainda tenho uns resquícios…
Sempre fui incapaz de acreditar alguém poderia gostar de mim verdadeiramente…
Passei minha vida toda (até os últimos anos pelo menos) tentando-me auto-afirmar…

Depôs de tomar pancadas varias e varias vezes e não aprender…
Como dizem existem pessoas que apreendem pelo amor e outras pela dor…
Sou do time dois é fato…

Queria dizer… Que sinto muito por tudo…
Há alguns anos eu definia-me mais pelo que as outras pessoas diziam…
Do que por “quem eu realmente era”…
E tenho que afirmar que as mulheres amadurecem muito antes e mais rápido que os homens…(você então nem se fala estava anos luz a minha frente)

Até hoje tenho dificuldade para conseguir identificar uma mentira…
Sempre fui facilmente influenciado…
Por isso afastei-me de muitas coisas (vícios) e pessoas que não tenho certeza se foram ou não meus amigos…
Hoje posso contar nos dedos de uma mão os amigos (verdadeiros) que tenho..
posso ate ter cometido alguma injustiça, porem foram necessárias.. Porque pelo caminho que estava, não teria tido tempo para lhe escrever esta carta de alforria (Rsss… acredito que estarei livre da culpa ao final desta carta e pronto para seguir enfrente… pura “fantasia!”, contudo, não custa tentar).

Jamais quero transferir culpa alguma de qualquer coisa para outra pessoa…
Sou o culpado sem álibi ou recurso qualquer…
E sei que ainda não paguei por todos os males que cometi…
Talvez estas enfermidades tenham existido para debitar uma parcela destas dividas…
(E como eu estava “Devendo” nossa…) OBRIGADO POR TUDO!!!

Quero te pedir perdão

Perdão, por todos os anos que se passaram,
Por todos os sonhos desfeitos,
Por ter simplesmente esquecido as juras de amor
Que eu mesmo insistia em dizer que seriam eternas.

Perdão, por não estar lá na primeira fila,
Por não ser o primeiro a te beijar depois,
Por não não reclamar do decote do seu vestido,
Pois era assim que eu dizia como você estava linda.

Perdão, por não ter sido mas paciente
Por ter sido fraco diante do destino
Por não ter me rebelado contra isso tudo.

Na verdade mesmo, quero teu perdão por que te amo,
Sei que não me aceitarias de volta então
Eu continuo com a mesma pessoa e sei que você também
Tem um outro alguém.

Seja feliz,
que eu dou um jeito de viver apenas com minha lembranças.

MIL PERDÕES

Perecendo

Fraco, cansado, desnutrido.
Triste, monótono, deprimido.
O que aconteceu comigo?
Será que o amor consumiu minha alma?
E agora…não sobrou nada?
Me sinto vazio. Apenas sinto o peso em meu peito.
Por ter feito.
A dama sofrer, sem merecer.
As palavras parecem ridículas no papel.
Mas titãs em meu pensamento.
Se ainda sobrou algum sentimento.
Com esses peço ao Céu.
Preencha-me de vida.
Faça-se a dor esquecida.
E na chama que se aquece.
A dor padece.
Grito silenciosamente para absorver toda a opressão.
Perdoe-me por transbordar-te.
Não era minha intenção.