No meu silencio

No silencio dessa noite fria me encontro só
Em meu peito uma dor incessante lagrimas que inssistem em rolar pela face
A alma esta em frangalhos
Noite sombria oque faser para calar essa dor que grita em meu peito
No silencio dessa noite fria estou so …
Tento silenciar os gritos de um coracao cheio de saudade
O silencio dessa noite fria me faz refletir em tudo oque disse ou deixei de dizer minha mente a mil tentando entender o pq de tanta saudade ♡♡♡

como faser ?

Hj queria arrancar o coracao de dentro do peito quem sabe assim arrancaria vc tambem de dentro de mim
Queria que esse sentimento findasse de dentro do meu peito
Queria eu poder arrancar sua voz de dentro da minha mente
Queria esquecer seu cheiro ainda lembro o perfume
Queria tanto poder falar com vc sem sentir nada queria nao encher os olhos de lagrimas ao vc ignorar minhas mensagens
Queria nao sentir tanta felicidade ao ser respondida uma se quer msgm
Queria esquecer as palavras um dia ditas por vc
Queria arrancar esse amor de dentro de mim mais nao sei como o faser
Seria tao bom nao sentir nada por vc

É incontrolável

Aqui estou eu procurando teu nome no google
Atitudes como essas, te juro, não me orgulho.
E pensar em todos os momentos em que passamos juntos
Deito na cama e entre as lágrimas, no travesseiro mergulho

Acordado sempre querendo te encontrar
Imaginando se voce também sente o que eu sinto
Se mesmo com o tempo e distancia entre nós
Você ainda pensa, alguma vez: como será que eu estou indo?

E essa vontade incontrolável de te ver
De andar na rua procurando o teu rosto
Sei que você não está aqui, é verdade
Mas sempre que não te encontro é um desgosto.

Queria ser como os outros e superar
Queria saber me controlar
Desapegar dessas memórias de um passado perfeito
Meu Deus, eu preciso me libertar!

Talvez você nem ao menos lembre meu nome
Talvez você se sinta completa com teu novo homem
Se for assim, meus parabéns – fico feliz por você.
Mas não me culpe por essa tristeza que me consome.

Sinto minha cabeça entrar em pane
A todo momento em que ouço alguem falar teu nome
Queria acordar, alguem por favor me chame!
Não quero mais lembrar desse nome, Rayane.

O labirinto que eu criei

Estou em um beco sem saída
E está ficando cada vez mais escuro.
Sei que ainda há muito nessa vida,
Mas ao menos agora estou inseguro.

Sei o que tivemos, ainda sinto.
São tantas coisas que não paro de lembrar.
Sei que eu mesmo construí esse labirinto,
Tenho a planta, mas não consigo me encontrar.

Hoje parece já um sonho antigo.
Eu ainda te amo, mas não estou apaixonado.
Só que agora eu pareço estar sozinho
Quando você deveria estar do meu lado.

Tudo o que dividi com você, eu mesmo,
Não dividirei mais com ninguem.
Não mais ficarei vulnerável à esmo.
Não mais chorarei por alguem.

Eu sou forte, você sabe disso.
Não foi a primeira vez que você falhou.
Mas se era pra jogar tudo pro alto, me diz:
Por que foi que você voltou?

Hoje eu estou melhor do que antes
E amanhã não mais vais me reconhecer.
Vai olhar para mim feliz e se lembrar
Da época em que a minha vida foi você.

Tão difícil de esquecer

Sempre me faço de forte
Tento mostrar que está tudo bem
Mas se eu sorrio quando estás com ele
Saiba que é a tristeza quem me tem

Não sei dizer porque
Você é tão difícil de esquecer
Sei que ainda não superei
Eu já não sei mais o que fazer

Só não consigo entender
Alguém por favor me explica
Como isso pôde acontecer?
Será que nunca sara essa ferida?

Entrou, e nao consigo mais tirar.
Você pode achar besteira, mas não
Já estou há anos tentando me libertar
E aprendi que não controlo essa paixão.

SURTO

Traga de volta o que você me tirou
Vamos depressa eu preciso me sentir de novo
Olhe pra mim veja como estou
Eu preciso saber o que é ser feliz por dentro e por fora
Vamos não demora eu não aguento mais

Eu não escuto o meu silêncio
As borboletas da minha cabeça agora parecem mais vespas
Zumbido loucura por dentro
Doçura por fora

Quem sou eu
O que eu sou
Onde vou chegar

Escuta!
Olha pra dentro

Hoje só por hoje

Tropeçando em minhas ideias
Descobri meus preconceitos
Desisti do meu Eu
E por vezes quero só viver

Aprender pra que?
Tudo se repete então melhor deixar acontecer
Fazer o que se faz sempre
E procurar não sofrer

Eu encontrei você alugando meu corpo
Perturbando meus pensamentos
E vivendo o que eu deveria viver
Hoje você não vai me ter

Hoje quem manda sou eu
Mesmo que só por hoje