Aqueles cortes

aqueles cortes que, no meu braço, não
faziam nenhum sentido
hoje me trazem paz e talvez um leve
sorriso
as drogas que sempre tive medo de consumir e me viciar
hoje são a única maneira na qual me vejo
sorrir e voltar a sonhar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *