A Visita

Senhor,
hoje a dor está me visitando…
Acomodou-se toda dentro de mim
e trouxe-me notícias tuas.
Falou-me do como era bom ter saúde,
força e paz agora ausentes.
Dons teus, que prodigalizavas, Senhor!
E eu nem me apercebia.
Gozava-os apenas.
Agora deles carente,
os valorizo tanto.
Como é eloqüente a dor, Pai!…
E como é sábia!
Mostrou-me que
no equilíbrio da vida universal,
há limites naturais.
No corpo,
na convivência com os seres,
no meio ambiente.
Impensadamente os quebrei,
no meu existir.
Pelas barreiras rompidas
ela chegou a mim.
Graças senhor,
pela visita disciplinadora da dor.
Ela não vai ficar comigo pra sempre,
bem sei.
Um dia partirá.
E quando se for,
terá deixado comigo seu presente de luz,
a compreensão.
E por compreender
estarei mais perto de ti.

Nada

Nada!
Mas é um nada tão especial,
é um nada atrevido,
insinuante, sensual.

Um nada que flutua,
palpável e inconfundível,
e me ajuda
a empurrar meus dias vazios,
e te ajuda também
a preencher teu espaço incompleto.

É um nada
que se mostra de repente
e se esconde por longo tempo.

É um nada
que só a gente conhece,
só a gente sente,
só a gente partilha.

É um nada
feito de meias palavras
e de silêncios longos.

Um nada
repleto de conhecimentos
e renúncias.

Tu me sabes,
me entendes,
e não me censuras.

Sou a mesma,
tu também o és.

E é gostoso saber
deste nada entre nós.

Pensando em Você

Quando você sentir vontade de chorar…
Não chore!
Pode me chamar que eu choro por você.
Quando você sentir vontade de sorrir…
Me avise!
Que eu venho para nós sorrirmos juntos.

Quando você sentir vontade de amar…
Me chame!
Que eu venho amar você.

Quando você sentir que está tudo acabado…
Me chame!
Que eu venho lhe ajudar a reconstruir.

Quando você achar que o mundo é pequeno
para suas tristezas…
Me chame!
Que faço ele grande para tanta felicidade.

Quando você precisar de uma mão…
Me chame!
Que a minha é sempre sua.

Quando você precisar de companhia
naqueles dias tristes e nublados,
ou nos dias ensolarados…
Me chame!
Eu venho sim!

Quando você estiver precisando ouvir
alguém dizer : Eu te amo!
Me chame!
Eu digo a toda hora,
pois meu amor por você é imenso.

E quando você não precisar mais de mim…
Me avise!
Que simplesmente irei embora
pensando em você!!!